contato@aquariosplantados.com.br
(33)4141-2070 WhatsApp
Como cultivar nymphaeas e lótus

DICAS DE COMO CULTIVAR NYMPHAEAS


Para o cultivo de plantas aquáticas é necessário ter em consideração a terra onde as vai plantar, escolher os vasos mais adequados, utilizar as técnicas de plantação mais apropriadas, e acima de tudo, realizar uma boa manutenção objetivando cuidar delas da melhor maneira possível.


FLOR DE LOTUS

Os Lotus são plantas aquáticas que habitam geralmente em cursos de água lentos ou lagoas de água doce e vivem a pouca profundidade. Os Lotus têm vários tipos e tamanhos e de cores de flores. Estas, por norma, têm muitas pétalas. É de realçar que o Lotus é conhecido pela longevidade das suas sementes, uma vez que estas podem germinar ao longo de vários séculos.


COMO CUIDAR DOS LOTUS E NYMPHAEAS

Os Lotus são plantados da mesma maneira que os lírios de água tropicais e resistentes e utilizam o mesmo tipo de terra e adubos. Para que cresçam de uma forma saudável, é necessário que sejam meticulosamente tratados. Para o fazer corretamente, deve seguir os passos seguintes:

Plantar o Lotus: deve encher o recipiente onde vai plantar o Lotus com terra argilosa pesada e fertilizá-la de uma forma apropriada.

Plantar os tubérculos de Lotus na terra: deve colocar o tubérculo com a parte cortada junto à borda do recipiente de envasamento. Tenha em atenção que deve colocar uma pedra sobre o tubérculo de forma a segurá-lo no local pretendido e depois acrescentar mais terra.

Cobrir o Lotus na água: inicialmente, deve colocar o vaso de Lotus dentro de água a uma profundidade de apenas alguns centímetros. Depois, à medida que a planta vai crescendo, ela pode ser baixada para uma maior profundidade. Tenha em consideração que quando a água atinge temperaturas negativas, o Lotus, apesar de ser muito resistente, poderá não conseguir sobreviver.

Baixar a planta na água: numa fase inicial, os lírios de água resistentes devem ser colocados a uma profundidade de 15 centímetros e, à medida que forem crescendo, podem ser baixados até aos 45 centímetros.

As plantas devem ser introduzidas num lago em vasos apropriados e sempre com recurso a solo com um pH equilibrado – coloque cascalho ou areia sobre a terra antes de submergir os vasos, para evitar que os peixes no caso de existirem soltem a terra dentro do lago. É de realçar que as plantas subaquáticas ficam submersas a uma profundidade de 30 centímetros.

Adicionar comentário